• Adilson Rodrigues

Empreender - Parte 03


PERDAS VISÍVEIS x PERDAS INVISÍVEIS E GANHOS NA CRISE. Elas podem ser materiais, emocionais, sentimentais, traumáticas.

E AGORA JOSÉ, COMO AGIR


Perdas VISÍVEIS são aquelas que você vê a destruição, o prejuízo, a perda de vidas, a economia parada, os aviões estacionados sem voar, os locais turísticos paralisados, a colheita sendo jogada fora devido não comercialização, indústrias com máquinas paradas e estoques não vendidos, pacote de arroz feijão, etc. terem dobrado de preços. São inúmeros os exemplos. Perdas INVISÍVEIS, o medo, tristeza, ansiedade, doenças psicológicas diversas. Os traumas causados às crianças que não sabem o que está acontecendo, conteúdo não aprendido. O pânico criado pelas mídias, as perdas de vidas, a perda do emprego ou iminência de que ocorrerá. A diarista que não será recebida no trabalho. O vendedor no sinal que não verá carro circulando ou com medo de comprar. Profissionais e empresários parados em casa ou impedidos de trabalhar e seus custos continuando sem gerar receita. Ações que despencaram, quem tem custos em moeda estrangeira vendo essas dispararem. As contas vencidas e vencendo sem poderem ganhar pra pagar. O empréstimo anunciado que na prática você não consegue acessar. O cartão de crédito e cheque especial vencidos e você sem recursos para pagar, e que com certeza vão sugar o pingo de sangue que você ainda tem, se é que tem. E ainda, A FALTA DE ESPERANÇA E DE ENTENDER COMO SERÁ ESSE NOVO "PÓS" CORONAVÍRUS.

GANHOS NA CRISE


Começa com os espertalhões que sobrefaturam seus produtos e serviços, com os políticos e outros oportunistas que tiram proveito da crise, os que aproveitam da procura excessiva dos seus produtos para se locupletarem, os exportadores que ganham com a moeda forte, os fornecedores de equipamentos e suprimentos ligados à saúde que são mais demandados nessa circunstância, os especuladores na bolsa que compraram na baixa, os investidores principalmente estrangeiros com moeda forte nas mãos e aproveitando de empresas quebrando ou quebradas e totalmente desvalorizadas. Uma infinidade de ganhos surgem em função da calamidade.

Lamentar não resolve, VEJA O QUE SOBROU e recomece com o que tens. Busque em suas forças interiores, em seus dons, a solução para reerguer. Você vai precisar muito dessas forças.


Crie, invente, seja simples sem ser simplista, humilde (humilde não é se humilhar) mas, sobretudo, BUSQUE ALGO PARA FAZER E, PRINCIPALMENTE, QUE AJUDE OS OUTROS TAMBÉM A SE REERGUEREM. SEJA AUDACIOSO, AGUÇADO E AJA, AJA, AJA

Só a ação fará as coisas acontecerem TOMARA❗❗❗


Por Adilson Rodrigues

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo