• Adilson Rodrigues

Empreender - Parte 5

Atualizado: 12 de Set de 2020



A diferença entre pilotar um Boeing e conduzir uma charrete.


Certa vez um amigo de longa data me procurou, todo entusiasmado, para falar da sua decisão em sair do emprego - diretor geral de um grande hipermercado e experiência em grandes empresas, por quase 20 anos, para montar um supermercado de bairro. Me perguntou o que eu achava da decisão dele.


Aff!!! Como sair dessa? O cara é meu amigo, competente em grandes empresas, mas nunca foi dono ou trabalhou em pequenas empresas familiares. Ouvi minha intuição, pois comecei bem debaixo, como empregado de pequenas e grandes empresas e depois como dono.

Eu disse a ele: você deveria começar fazendo um estágio em um pequeno negócio, ou começar com uma pequena padaria ou loja de conveniência, pois você está pegando todas suas economias e pagando parte desse supermercado de 400 m². Até hoje VOCÊ SEMPRE PILOTOU BOEINGS e AGORA TU VAIS CONDUZIR UMA CHARRETE. Não tens experiência com empresa pequena, com poucos recursos, onde você terá que fazer de tudo. Quando a charrete quebrar a roda VOCÊ VAI CHAMAR O MECÂNICO da Boeing para consertar a roda e aí terá que vender a charrete pra pagar o conserto da roda.

Ele ficou decepcionado comigo. Eu também fiquei triste em decepcionar o amigo, mas era minha convicção. FOI COMPROU E QUEBROU 8 MESES DEPOIS.

Ele não sabia pensar pequeno e resolver as coisas com simplicidade. A sua experiência era de ter a sua disposição técnicos, departamentos, e terceirizados para tudo. As grandes estratégias eram criadas pela grande empresa. A visão de conjunto de gestão dele era restrita ao operacional da grande loja. Não daria certo. NÃO DEU CERTO Voltou para diretoria de um grande atacarejo onde está com sucesso até hoje.


Por Adilson Rodrigues


Imagens Google

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo